Dicas para administrar reputações on-line

02/07/2008
  • Pin It

Na coluna Você já conferiu a sua reputação no google? eu comentei sobre a existência dos rastros virtuais que deixamos ao participar de blogs, fóruns de discussão on-line ou comunidades sociais como o orkut.

Comentei ainda que sites de pesquisa como o google não checam a veracidade das informações disponibilizadas nas suas respostas e que apesar de não haver uma política de privacidade na maioria dos países, seus impactos (positivos ou negativos) já podem ser notados na nossa sociedade.

Se você leitor, ainda não está convencido de que é necessário administrar a sua reputação on-line, sugiro que você leia a matéria de capa da revista Info de junho chamada Cuidado com o Emprego – Redes Sociais.

Para ilustrar, segue um breve trecho:

“…possuir um perfil bem feito e com informações relevantes em sites como o orkut, pode render convite a uma entrevista…ou entrar em comunidades polêmicas ou ter uma foto indiscreta, pode fechar as portas para um emprego….apesar de toda a polêmica sobre a invasão de privacidade, as empresas estão começando a explorar suas potencialidades e suas práticas variam conforme a mentalidade dos empregadores…”

E agora?

Primeiro Passo – alterando a sua reputação on-line

Identifique se há referências ou comentários nas páginas dos sites de pesquisa que poderão causar-lhe problemas. Para checar, digite seu nome no google (entre aspas) e confira o teor da citação.

Feito isso, é necessário identificar o(s) site(s) em que seu nome é citado.

Sites e blogs próprios ou fóruns de discussão

Para sites com estes perfis, você não depende de terceiras pessoas para alterar o conteúdo. Basta alterar os arquivos do site ou ter acesso a área administrativa para fazer os ajustes necessários.

Dica: você pode substituir o seu nome por uma abreviação ou apelido a fim de manter o histórico no ar. Uma outra opção mais radical seria remover as páginas dos resultados das pesquisas através de técnicas próprias como o rel= “nofolow” ou boots.txt. Consulte uma empresa de otimização de sites.

Sites ou blogs de terceiros

Você precisará solicitar a colaboração de outras pessoas para apagar as referências indesejáveis.

Dica: seja educado e paciente, pois seu pedido é no mínimo “um pé no saco” devido ao trabalho que você irá proporcionar a este desconhecido. Portanto, envie as solicitações com a maior quantidade possível de informações para não minar a “boa fé” da pessoa.

Segundo Passo – alterando a sua reputação on-line

É necessário identificar também sua reputação on-line em redes sociais. No Brasil, o orkut é o seu maior exemplo apesar de haver outras comunidades mais focadas em entretenimento como: Flickr, Myspace, Facebook, Hi5.

Para este tipo de site, a minha sugestão é manter sempre o perfil privado e usar o bom senso junto às fotos e vídeos disponibilizados. Não se esqueça de apagar regularmente mensagens de spammers e desfilie-se de comunidades polêmicas, pois denotam interesse no assunto…

Outras práticas indicadas são o uso de abreviações ou apelidos ao invés do nome completo nas assinaturas e, é claro, não aceite qualquer pessoa como “amigo”.

Há ainda um outro perfil de comunidades on-line focadas no mercado de trabalho. Os maiores exemplos são o Linkedin, Plaxo, Naymz, Via6, etc.

Nestas comunidades, é possível encontrar usuários mais maduros e que usam a Internet com objetivos profissionais. Na maioria dos casos, eles migraram do orkut para comunidades mais focadas em networking.

Dica: possua um perfil coerente com as suas características pessoais e profissionais, afinal de contas, seria péssimo ser “desmascarado” numa entrevista de emprego, certo?

Gostaram ?

Não deixe de comentar

Rodrigo Sampaio
Consultor em publicidade on-line

Rodrigo Sampaio
Autor: Rodrigo Sampaio

Diretor Executivo da Estratégia Digital, Professor de 5 cursos de Marketing Digital e 2 turmas de Facebook Marketing oferecidos em Ribeirão Preto, MBA em Marketing FGV e Aluno EAD do MBA em Gestão Estratégica USP.

line
line

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*