O lado humano das empresas nas redes sociais

25/08/2011
  • Pin It

lado humano das empresas na internet

Alguém se sente à vontade para falar com um robô? Acredito que a maioria irá responder “não”.

O robô repete palavras, não tem sentimentos e é frio. É praticamente o que muitas empresas fazem em suas redes sociais. Elas jogam o link com algumas frases técnicas ou forçando simpatia e pronto! Serviço feito!

Errado! Muitas empresas aderiram às redes sociais e quase todas trabalham da mesma maneira (algumas palavras + link) e acabam caindo no esquecimento, sendo mais uma na rede das pessoas. A empresa surge na timeline dos seguidores como um comercial chato da TV, no qual algumas pessoas aproveitam para tomar água.

O lado humano das postagens nas redes sociais

Um tweet, um post no Facebook tem que ser atração esperada pelos seus amigos e clientes nas redes sociais. É aí que entra o lado humano das empresas: “O que eu (como pessoa e não a empresa) espero ver nas mídias sociais?” A partir do momento que você tem a resposta, com um feeling humano da “coisa”, você pode atrair seus clientes, seus amigos e possivelmente fixar a marca nas mentes das pessoas.

Cuidado para que a sua empresa não vire apenas um monólogo virtual. Engajamento, interação precisa ser humano e não “robô”. Se a sua empresa estiver “falando” sozinha nas redes sociais, algo não vai bem. Mude já!

Interaja com seus amigos

Não adianta conversar e interagir com seus amigos nas mídias sociais “enfiando” a todo custo o seu produto/serviço. É preciso ser dinâmico, interagir e usar a humanidade para falar de assuntos aleatórios, para que eles saibam que há um lado humano na sua empresa que o entende e interage com a galera. As pessoas entram nas redes sociais para ter atenção, distração e não só para comprar algo. Solicitar o seu serviço/produto é apenas uma consequência.

Mas use a criatividade! Não vai falar de chuva e calor e não vire uma revista de fofoca virtual. Seja objetivo, procure acertar em cheio as necessidades que o seu amigo espera naquele momento, crie vínculos.

Procure postar algo divertido que pode ser relacionado com sua marca. Se não achou nada naquele momento que possa relacionar de maneira dinâmica com sua marca, procure falar de algo da realidade ou verifica com seus amigos das redes o que eles estão falando e fale com eles!

Inove, não seja apenas mais um.

Cris Paulino

http://twitter.com/crispaulino_

www.estrategiadigital.com.br

Marketing Digital

Estratégia Digital
Autor: Estratégia Digital

Consultoria em marketing digital que atua há mais de 8 anos na região de Ribeirão Preto.

line
line

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*