Dicas para uma boa campanha de Email Marketing

29/10/2008
  • Pin It

Num post de dias atrás, comentei sobre o triste fato de que a maioria das empresas prática spam ao invés de e-mail marketing (ou newsletter) pois estão preocupadas em atingir o maior número possível de pessoas.

Destaquei que os principais motivos são o despreparo e a falta de conhecimento técnico das empresas existentes no mercado que ao deixar de lado as regras básicas na criação e disparo de newsletters, proporcionam baixos resultados aos seus clientes ao entregar a maioria dos e-mails na lixeira dos contatos.

E-mail Marketing sem spam

Visando minimizar o spam, seguem abaixo algumas dicas que certamente ajudarão em futuras campanhas para a sua empresa.

Dicas para uma campanha de email marketing eficiente

Dica 1 – Procure empresas que ao fazer o disparo dos newsletters, ofereçam também acesso às estatísticas da campanha para você visualizar os resultados alcançados.

Motivo – Apenas dessa forma, é possível determinar o ROI alcançado e identificar informações como a quantidade de erros, visualizações, cliques e contatos que não interagem com o newsletter.

Dica 2 – Depois de identificar os e-mails com erros ou inválidos, exclua-os do seu mailing.

Motivo – É que os servidores penalizam severamente as campanhas de email marketing que apresentam uma base “suja”.

Lista de e-mails segmentada

Feito isso, você já pode segmentar os contatos que regularmente lêem seu newsletter por preferência de assuntos, regiões, horário usual de leitura, etc.

A idéia é que você use essas ricas informações de forma estratégica. Pense nisso!

Dica 3 – Lembre-se que os emails marketing são uma ferramenta muita poderosa para a construção de relacionamento. Lembre-se disso e tenha paciência.

Motivo – Há ferramentas que gradualmente atribuem pontos aos contatos mediante as suas interações. É claro que são necessários vários disparos para que essa pontuação funcione corretamente.

E-mail Marketing de relacionamento

E para os contatos que não leem o newsletter?

Sugiro que você aborde novamente esses contatos com e-mails mais pessoais, usando o nome completo da pessoa logo na primeira linha do texto ou no assunto (subject).

A ideia é que você pergunte se há o interesse em continuar recebendo o newsletter e quais os temas preferidos e melhores dias para o recebimento.

Observação – newsletter com um template otimizado

Só que nesse momento, garanta que o template usado no newsletter seja otimizado e que respeite as técnicas anti-spam no conteúdo (não usar palavras-chave proibidas por exemplo), códigos HTML limpo e formas de disparo (validação do SPF, etc.).

E-mail marketing com template otimizado

Mas como há muitas dicas técnicas, irei abordá-la num próximo post.

Rodrigo Sampaio
Autor: Rodrigo Sampaio

Diretor Executivo da Estratégia Digital, Professor de 5 cursos de Marketing Digital e 2 turmas de Facebook Marketing oferecidos em Ribeirão Preto, MBA em Marketing FGV e Aluno EAD do MBA em Gestão Estratégica USP.

line
line

6 comentarios sobre “Dicas para uma boa campanha de Email Marketing”

  1. Oi! Você disse que os servidores penalizam uma mailing list suja… como essa penalização acontece?

    obrigada!

    1. Tudo bem?

      Parece-me que estes servidores conseguem registrar qual é a quantidade de emails inválidos que recebem de um mesmo servidor (IP).

      Provavelmente há uma taxa de referência e se algum e-mail apresenta uma taxa de erros maior do que essa média, há uma penalização.

      Obrigado !

    1. Tudo bem Raquel?

      Essa média depende de uma série de fatores…

      Mas para ilustrar, para clientes que possuem uma base sem erros e com real interesse em seu negócio, trabalhamos com uma média de 25% de abertura.

      Volte sempre…

  2. CARO AMIGO. GOSTARIA DE SABER O SEGUINTE: UMA EMPRESA CADASTRA POR EXEMPLO O SEGUITE DOMÍNIO:

    GOOGLE.COM.BR O QUE ACONTECERIA SE A GOOGLE NÃO HOUVESSE REGISTRADO ESTE DOMÍNIO TAMBÉM?

    1. Tudo bem Henrique ?

      O registro de um domínio (brasileiro ou internacional) não garante exclusividade no direito de uso pela marca.

      No exemplo que você mencionou do google, a única forma de inibir o uso "indevido" da marca pelo dono do domínio seria judicialmente através de advogados e, é claro, alegando a exclusividade certificada nos devidos órgãos.

      abraços

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*