Dez dicas para você registrar o melhor domínio para a sua empresa

30/01/2011
  • Pin It


Sabia que a escolha de um bom domínio demanda uma definição prévia de objetivos, análise junto aos sites de busca (google) e a disponibilidade da marca?

Ao longo dos meus anos de atuação em agências de internet, eu sempre recebi questionamentos e ajudei parceiros e potenciais clientes na escolha de bons domínios.

Nada mais justo do que dividir algumas sugestões certo?

1 – Evite violações de marca. Pesquise no INPI antes de fazer o registro!

Aqui no brasil, o INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) regulamenta o registro de marcas. Antes de fazer o registro de um determinado domínio no Registro.br, consulte a sua disponibilidade no INPI. Seria desastroso você registrar um domínio visando uma marca sem poder usá-la futuramente, certo? Imagina se ainda precisasse pagar royalties por isso…

2 – Use os dados corretos para fazer registro do domínio

Esse é um erro extremamente comum e problemático!  Na maioria dos casos, as empresas delegam à agência web a função de registrar o domínio junto aos órgãos competentes. Seja este nacional ou internacional, os dados dos seus verdadeiros donos devem ser usados como o CNPJ, CPF e email principalmente.

3 – Escolha domínios que estejam disponíveis no Brasil

O brasileiro, por padrão, digita os e-mails usando o sufixo “com.br”. Mesmo que você tenha outras versões de domínio como o “.com” ou “.net” certamente você encontrará problemas. Se levarmos em consideração a digitação dos domínios em navegadores ou a pesquisas em sites de busca, esse problema se acentuará ainda mais. Leve em conta que o uso de outras categorias de domínio aqui no Brasil deve ser usado como proteção de marca.

4 – Use as palavras chave do seu negócio no seu domínio

Descubra quais são as palavras mais usadas pelos internautas para o seu negócio.  Use a ferramenta de palavras chave do google para receber insights. Além de aumentar o poder de intuição, domínios que contém as palavras chave digitadas pelos internautas são beneficiados pelos sites de busca com melhores posições.

5 – Satisfaça as expectativas do internauta

Domínios intuitivos são os melhores. Se o conteúdo do seu site possuir relação com o tema do domínio, a chance de você causar uma boa impressão para os internautas novos é muito grande.

6 – Possua um domínio exclusivo

É um desastre deixar que um domínio seja confundido com um site popular. Nunca escolha uma versão no plural ou com hífen achando que fez uma boa opção. Isso é um erro pois você estará gerando acessos para outra empresa.

7 – Escolha um domínio de fácil digitação

Um domínio “esquisito” gera muitas dificuldades para qualquer internauta na hora de escrevê-lo. Escolha os que não demandam atenção na hora de digitá-lo devido há uma grafia incomum, uso de palavras ou sons impossíveis de serem identificados claramente.

8 – Se possível, opte por um domínio curto

Pode parecer óbvio mas um domínio curto gera maior memorização e torna-se mais fácil de ser digitado. Sem falar que as URLs mais curtas obtém mais cliques nos sites de busca e são melhor inseridas em cartões de visita e usadas na mídia off-line.

9 – Não use números nos domínios

Evite usar números pois os internautas sempre ficam na dúvida sobre a forma de digitação: o número deve ser escrito por extenso ou de forma numérica?

10 – Escolha um domínio de fácil memorização

Imagine a hipótese de o seu domínio não ser lembrado na hora de alguma indicação ou pesquisa num site de busca. Seria uma situação horrível essa, não?

Gostou do assunto?
Discordou de algo?
Deixe o seu comentário !

Rodrigo Sampaio

Rodrigo Sampaio
Autor: Rodrigo Sampaio

Diretor Executivo da Estratégia Digital, Professor de 5 cursos de Marketing Digital e 2 turmas de Facebook Marketing oferecidos em Ribeirão Preto, MBA em Marketing FGV e Aluno EAD do MBA em Gestão Estratégica USP.

line
line

4 comentarios sobre “Dez dicas para você registrar o melhor domínio para a sua empresa”

  1. Excelente artigo, parabéns!!

    Esperamos que o INPI permaneça implantando melhorias no sistema e no tempo de duração dos processos de registro de marcas, patentes, desenhos industriais e softwares, de forma a estimular, cada vez mais, o crescimento do instituto da Propriedade Intelectual no Brasil, sobretudo, entre os empresários e comerciantes de pequeno e médio porte do país que, em sua grande maioria, ainda não possuem dimensão do quanto este tema é importante para o sucesso dos seus negócios.

  2. Nossa, gostei do artigo uma boa aula pra quem, como eu não entende nada de domínio, muito menos hospedagem, vc poderia fazer um artigo sobre hospedagem de sites.

    Eu contratei uma empresa de hosting, a inter.net, ela é bem legal, me ajudou muito porque eu reamente não entendo nada sobre o assunto.

    Seria bom se tivesse um artigo como este sobre hospedagem, seria ótimo.

Deixe seu comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*